Instagram Facebook Twitter YouTube Flickr Spotify
04/12/2023

MT: Defensoria Pública passa a atender presencialmente em mais quatro núcleos e amplia atendimento remoto; saiba quais cidades

Fonte: ASCOM/DPEMT
Estado: MT
A Defensoria Pública de Mato Grosso ampliou seu atendimento para uma população de cerca de 120 mil novos habitantes, a partir do dia 27 de novembro, com a instalação de sete novas comarcas no Estado. Com a medida, o órgão estende sua presença para 87% das 79 comarcas de Mato Grosso e chega até a população de Matupá, Apiacás, Nova Monte Verde, Jauru, Porto Esperidião, Marcelândia, Rio Branco e de 15 municípios e distritos ligados a elas.  
 
A princípio, o atendimento nessas localidades será remoto pelo telefone: (65) 9963 4454. A defensora pública-geral, Luziane Castro, lembra que a nova expansão só foi possível com a posse dos 10 novos defensores públicos, no último dia 31 de outubro, o que garante, não só o atendimento inédito em locais distantes e carentes da presença do Estado, mas, também o reforço da estrutura de outras comarcas. 
 
Ela lembra que até o início de 2024, com a posse dos outros 10 defensores aprovados no VI concurso público do órgão, a Defensoria Pública chegará a 100% das comarcas. Luziane explica que a escolha das comarcas que foram contempladas agora foi feita por meio do número de processos existentes no local, pelo Índice de Desenvolvimento Social (IDH) da população e também, por meio da escolha dos aprovados no concurso, nas primeiras vagas.
 
“Além do volume de processos, do IDH da população das comarcas, ofertamos todos os locais onde ainda não estamos presentes aos aprovados e, aqueles que ficaram em primeiro lugar, tiveram a oportunidade de escolher para onde ir”, informou. A defensora-geral lembra que o sentimento de ver a população dessas regiões atendidas é de muita alegria, já que representa a concretização do sonho de levar os serviços do órgão para os cidadãos mais vulneráveis em Mato Grosso. 
 
“Iniciamos o ano de 2023 com esse sonho de levar a Defensoria Pública para todas as comarcas do Estado e quando a gente, a Administração, vê que todos os passos que tomamos estão nos levando para esse caminho, ficamos imensamente felizes. O sentimento, enquanto gestores, administradores, é de muita alegria”. 
 
Reforço - Com os primeiros 10 novos membros, a Defensoria Pública também fortalece o atendimento em Mirassol do Oeste e Colíder, onde agora, cada comarca conta com dois defensores lotados e em Água Boa, que ficou com três defensores fixos. Já nas comarcas de Campo Novo dos Parecis, Sapezal, Cláudia e Guarantã do Norte, onde o órgão atendia por meio de cumulação, agora, o atendimento será prestado de forma presencial.
 
A defensora-geral lembra que, paralelo aos esforços de ampliar o número de membros do órgão e sua estrutura - ao longo dos últimos cinco anos - os gestores do órgão têm se esforçado para chegar à população mais carentes por meio do uso de alternativas como a promoção de mutirões, expedições e do uso de ferramentas tecnológicas. E que, através destes contatos percebem a importância da Defensoria Pública para a população.
 
"Atender o povo vulnerável de Mato Grosso é nossa razão de ser, nosso motivo de existência e temos nos esforçado dia e noite, desde que chegamos à administração do órgão, para alcançar esse objetivo”, concluiu.
Compartilhar no Facebook Tweet Enviar por e-mail Imprimir
AGENDA
12 de março
AGE
2 de abril
AGE
 
 
COMISSÕES
TEMÁTICAS
NOTAS
TÉCNICAS
Acompanhe o nosso trabalho legislativo
NOTAS
PÚBLICAS
ANADEP
EXPRESS
HISTÓRIAS DE
DEFENSOR (A)