Instagram Facebook Twitter YouTube Flickr
21/05/2020

ANADEP oficia CNJ sobre realização de videoconferências

Fonte: ANADEP
Estado: DF
A diretoria da ANADEP encaminhou, nessa quarta-feira (20/5), ofício para o Conselho Nacional de Justiça (CNJ) a fim de apresentar observações sobre vídeoconferências no âmbito dos processos de apuração de ato infracional. Com a pandemia provocada pela COVID-19, o CNJ lançou plataforma emergencial para a realização de audiências e sessões de julgamentos.
 
A ANADEP vê com preocupação a medida por entender que as vídeoconferências flexibilizam os direitos das pessoas presas e dos adolescentes em conflito com a lei. 
 
Com apoio das Comissões de Infância e Juventude e de Política Criminal, a entidade trabalha na elaboração de nota técnica sobre o tema, que deve ser dirigido ao Colégio Nacional dos Defensores Públicos-Gerais (CONDEGE), Conselho Nacional de Corregedores-Gerais (CNCG), além do próprio CNJ.
Compartilhar no Facebook Tweet Enviar por e-mail Imprimir
AGENDA
12 de agosto
I Jornada de Capacitação da ENADEP
5 de agosto de 2020
AGE
2 de setembro de 2020
AGE
01 de setembro de 2020
Reunião de Diretoria da ANADEP
7 de outubro de 2020
AGE
4 de novembro de 2020
AGE
09 de dezembro de 2020
Reunião de Diretoria da ANADEP
 
 
Escola Nacional das Defensoras e Defensores Públicos do Brasil
Novas 100 regras de Brasília
COMISSÕES
TEMÁTICAS
NOTAS
TÉCNICAS
Acompanhe o nosso trabalho legislativo
NOTAS
PÚBLICAS
ANADEP
EXPRESS
HISTÓRIAS DE
DEFENSOR (A)