Instagram Facebook Twitter YouTube Flickr
14/01/2020

BA: Defensoria já tem calendário de atuação em 2020 com pessoas em situação de rua

Fonte: ASCOM/DPE-BA
Estado: BA
Com o objetivo de seguir oferecendo cidadania e assistência às pessoas em situação de rua, o núcleo Pop Rua da Defensoria Pública do Estado da Bahia – DPE/BA retoma suas atividades com esta população nos bairros da capital baiana no ano de 2020.
 
Já neste mês de janeiro serão três rodas de conversa para tratar de violência e racismo institucional. Os encontros acontecem às terças-feiras, dias 14, 21 e 28, sempre às 18h na Praça da Piedade.
 
A partir de fevereiro, além das rodas de conversa na praça, a equipe realizará prestação de atendimentos com orientações e encaminhamentos jurídicos, além de atenção psicossocial, em serviço itinerante. A itinerância ocorrerá sempre às quartas-feiras em áreas de Salvador como Itapuã, Baixa do Fiscal, Comércio, Mares, Aquidabã, entre outras. Ambas as atividades serão realizadas durante todo o ano e o calendário já está definido até julho.
 
Ligado à Especializada de Direitos Humanos, o Núcleo Pop Rua se esforça por realizar uma atuação de atenção integral buscando promover acesso à Justiça e aos direitos. De caráter multidisciplinar, a equipe é formada por servidores e estagiários da Defensoria que atuam na área de direito, psicologia, assistência social, entre outras.
 
Sempre na perspectiva de realizar uma escuta atenta, não invasiva, a equipe busca entender o que levou cada pessoa a estar em situação de rua e quais são as violações de direitos que existem em suas histórias, buscando encaminhamentos para cada caso. Além do contato direto com a população de rua de Salvador, o núcleo realiza um monitoramento constante dos serviços públicos oferecidos pelas unidades públicas responsáveis por acolher estas pessoas.
 
De acordo com uma pesquisa realizada em 2017 pelo projeto Axé em parceria com a Universidade Federal da Bahia – UFBA, com o Movimento Nacional da População Rua e com a DPE/BA, há em Salvador entre 14 a 17 mil moradores de rua sendo que mais de 85% destas pessoas se encontram nas ruas por questões ligadas a condições econômicas. O estudo, realizado por amostragem de mais de 1.400 pessoas, foi nomeado de “Caracterização das Situações de Violações de Direitos: Mapeamento e Contagem da População em Situação de Rua na Cidade do Salvador”.
 
O quê: Rodas de Conversa com pessoas em situação de rua
Quando: Em janeiro nos dias 14, 21 e 28, sempre às 18h
Onde: Praça da Piedade, Centro, Salvador
Compartilhar no Facebook Tweet Enviar por e-mail Imprimir
AGENDA
5 de fevereiro de 2020
AGE
6 de fevereiro, de 9hs às 18hs
Curso “Defensores Públicos e Masculinidades: o papel do homem na construção da equidade de gênero no sistema de justiça”
3 de março de 2020
Reunião de Diretoria da ANADEP
4 de março de 2020
AGE e AGO
5 e 6 de março de 2020
I Encontro das Defensoras e Defensores Públicos da Região Centro-Oeste
1 de abril de 2020
AGE
3 de junho de 2020
AGE
02 de junho de 2020
Reunião de Diretoria da ANADEP
1 de julho de 2020
AGE
5 de agosto de 2020
AGE
2 de setembro de 2020
AGE
01 de setembro de 2020
Reunião de Diretoria da ANADEP
7 de outubro de 2020
AGE
4 de novembro de 2020
AGE
09 de dezembro de 2020
Reunião de Diretoria da ANADEP
XIV CONADEP
ANADEP INOVA
Escola Nacional das Defensoras e Defensores Públicos do Brasil
Novas 100 regras de Brasília
COMISSÕES
TEMÁTICAS
NOTAS
TÉCNICAS
Acompanhe o nosso trabalho legislativo
NOTAS
PÚBLICAS
ANADEP
EXPRESS
HISTÓRIAS DE
DEFENSOR (A)