Instagram Facebook Twitter YouTube Flickr
08/01/2020

PI: Defensoria Pública e Instituto Esperança Garcia intensificarão campanha que estimula leitura e doação de livros de autoras negras

Fonte: ASCOM/DPE-PI
Estado: PI
A Defensoria Pública do Estado do Piauí juntamente com o Instituto Esperança Garcia intensificará neste ano de 2020 a campanha que estimula leitura e doação de livros de autoras negras desenvolvida dentro do Projeto “Esperançar – vidas negras importam/mulheres negras precisam ser escutadas”.
 
A campanha estimula, além da leitura, a troca das obras adquiridas e em seguida a doação dos livros para a Biblioteca Estação Nova Cultura, localizada na região do Itararé, onde foi desenvolvido o Projeto “Defensoras Populares”, que capacitou 26 lideranças femininas que se tornaram agentes multiplicadoras de educação em direitos junto às suas comunidades, atuando no empoderamento de mulheres e no combate à violência de gênero. O objetivo é arrecadar 200 livros.
 
Os detalhes para a realização da campanha foram acertados entre a Subdefensora Pública Geral, Carla Yáscar Bento Feitosa Belchior; a Diretora das Defensorias Regionais, Karla Araújo Andrade Leite e a Presidenta do Instituto Esperança Garcia, professora Andreia Marreiro.
 
O Projeto consiste na indicação nas redes sociais da Defensoria, por meio de vídeos com a professora Andreia Marreiro, de 15 autoras negras e 15 obras escritas por essas mulheres. Em março do corrente ano a defensoria realizará um momento de partilha de experiências, oportunidade em que os participantes serão convidados a fazerem a doação das obras. “Nosso desejo é estimular que as pessoas da Defensoria adquiram esses livros e possam ler essas autoras, para que a gente tenha uma possibilidade de, escutando mulheres negras, pensar em outros modos de vida e de como é necessário fazer a escuta dessas autoras para enfrentar essas estrutura que desumaniza, especialmente mulheres negras, nessa encruzilhada do racismo e sexismo”, disse à época do acerto da campanha, a professora Andreia Marreiro.
 
O Defensor Público Geral, Erisvaldo Marques dos Reis, acredita que a Defensoria terá ganhos com o engajamento na campanha. “Estimular a leitura de obras produzidas por mulheres negras é algo que certamente irá nos engrandece como Instituição, a partir do momento em que possibilitará que possamos nos capacitar ainda mais sobre a realidade vivenciada por essas mulheres, a partir da ótica delas, o que sem dúvida alguma representa um significativo diferencial nos conceitos que normalmente nos são repassados em relação a racismo e sexismo, fortalecendo nossa atuação na promoção da educação em direitos. O fato das obras serem doadas à Biblioteca Estação Nova Cultura também será de grande valia, pois ajudará a fortalecer o acervo possibilitando que mais pessoas possam ser informadas corretamente sobre as lutas e o empoderamento das mulheres negras. A ideia da nossa Subdefensora-Geral, Carla Yáscar, bem como da nossa Diretora das Defensorias Regionais, Karla Andrade, de integrar o Projeto “Esperançar – vidas negras importam/mulheres negras precisam ser escutadas, é um ganho para a Defensoria Pública”, afirma.
Compartilhar no Facebook Tweet Enviar por e-mail Imprimir
AGENDA
5 de fevereiro de 2020
AGE
6 de fevereiro, de 9hs às 18hs
Curso “Defensores Públicos e Masculinidades: o papel do homem na construção da equidade de gênero no sistema de justiça”
3 de março de 2020
Reunião de Diretoria da ANADEP
4 de março de 2020
AGE e AGO
5 e 6 de março de 2020
I Encontro das Defensoras e Defensores Públicos da Região Centro-Oeste
1 de abril de 2020
AGE
3 de junho de 2020
AGE
02 de junho de 2020
Reunião de Diretoria da ANADEP
1 de julho de 2020
AGE
5 de agosto de 2020
AGE
2 de setembro de 2020
AGE
01 de setembro de 2020
Reunião de Diretoria da ANADEP
7 de outubro de 2020
AGE
4 de novembro de 2020
AGE
09 de dezembro de 2020
Reunião de Diretoria da ANADEP
XIV CONADEP
ANADEP INOVA
Escola Nacional das Defensoras e Defensores Públicos do Brasil
Novas 100 regras de Brasília
COMISSÕES
TEMÁTICAS
NOTAS
TÉCNICAS
Acompanhe o nosso trabalho legislativo
NOTAS
PÚBLICAS
ANADEP
EXPRESS
HISTÓRIAS DE
DEFENSOR (A)