Instagram Facebook Twitter YouTube Flickr
A ANADEP também está na Campanha Outubro Rosa pelo combate ao câncer de mama
07/10/2019

BA: DPE retorna ao bairro Fazenda Coutos com a Defensoria Cidadã Itinerante

Fonte: ASCOM/DPE-BA
Estado: BA
A cobrança constante por um serviço telefônico que Josué Pereira não contratou fez o padeiro procurar a Defensoria Pública do Estado da Bahia (DPE-BA), que, nesta sexta-feira (04), realizou o projeto Defensoria Cidadã Itinerante – DCI, no bairro de Fazenda Coutos, em Salvador.
 
“Já tem meses que uma operadora de telefonia móvel me liga cobrando. Eles adicionaram a minha fatura um serviço que eu não contratei. Quando soube que a Defensoria iria atender aqui no bairro vim logo cedo tentar resolver o problema”, explicou.
 
Assim como à Josué os defensores, que participam da DCI – projeto que leva atendimento aos bairros considerados com alto índice de vulnerabilidade – prestam orientações jurídicas a fim de esclarecer os direitos assegurados constitucionalmente à população e, em muitos casos, dão encaminhamentos judiciais.
 
Para a coordenadora da Especializada de Família, Tatiane Ferraz, é importante que a Defensoria chegue aos bairros mais afastados da cidade. “Quanto mais longe a gente conseguir chegar, mais pessoas poderemos atingir. Indo até os bairros mais afastados, conseguimos garantir os direitos dos assistidos que tem dificuldade de vir até nós e também daqueles que sequer conhecem o trabalho da instituição”.
 
Entre os casos mais procurados estão as questões que envolvem família. Girleide dos Santos, por exemplo, foi buscar orientação sobre o que fazer para conseguir a segunda via do registro de nascimento da filha.
 
“Resolvi procurar a Defensoria para me auxiliar nesta questão. É a primeira vez que sou atendida por vocês. Fiquei sabendo que estariam aqui pela internet e tirei um tempinho para vir. O que vocês fazem é muito importante. Está tudo encaminhado. O melhor é que agora eu sei que posso contar com a Defensoria”’, agradeceu.
 
Além das áreas do consumidor e família, também foram prestados atendimentos nas áreas de direitos humanos, infância e juventude, crime, pessoa idosa, curadoria, entre outras demandas. Os atendimentos aconteceram na Escola Municipal de Fazenda Coutos durante toda a manhã desta sexta.
Compartilhar no Facebook Tweet Enviar por e-mail Imprimir
XIV CONADEP
ANADEP INOVA
Escola Nacional das Defensoras e Defensores Públicos do Brasil
Novas 100 regras de Brasília
COMISSÕES
TEMÁTICAS
NOTAS
TÉCNICAS
Acompanhe o nosso trabalho legislativo
NOTAS
PÚBLICAS
ANADEP
EXPRESS
HISTÓRIAS DE
DEFENSOR (A)