Instagram Facebook Twitter YouTube Flickr
12/08/2019

ES: DPE mobiliza moradores do centro de Vitória em campanha sobre a função social da propriedade

Fonte: ASCOM/DPE-ES
Estado: ES
A Defensoria Pública do Espírito Santo é uma das organizadoras da campanha Função Social da Propriedade, que será lançada nesta terça-feira (13) às 19:30, em assembleia da Associação de Moradores do Centro de Vitória (Amacentro), no auditório da Associação dos Funcionários Públicos do Espírito Santo (AFPES). Criada em parceria com a Amacentro e com apoio do coletivo Br Cidades e da Universidade Federal do Espírito Santo (Ufes), o projeto tem o objetivo de sensibilizar a sociedade sobre o uso de espaços abandonados e falar sobre a ocupação dos chamados ‘vazios urbanos’, áreas que não cumprem uma finalidade social.
 
De acordo um relatório do Instituto Jones dos Santos Neves (IJSN) de 2017, o município de Vitória apresentou um déficit habitacional envolvendo 6.345 famílias. Ainda de acordo com a pesquisa, o problema mais frequente enfrentado por essas pessoas é o gasto excessivo com aluguel, seguido pela precariedade das condições de moradia.
 
No Centro de Vitória é possível identificar vários imóveis que se encontram fechados e sem qualquer utilização, o que gera inúmeros transtornos. O abandono dessas propriedades traz prejuízos sociais, bem como infra estruturais e podem ser uma fonte de crises que afetam a economia em geral, como a falta de segurança, problemas sanitários, aumento de espaços ociosos, perda de potencial para o comércio, diminuição da qualidade de vida dos moradores, das suas opções de lazer, além do seu completo esvaziamento.
 
Embora a atribuição do uso do imóvel seja um dever do proprietário, a Constituição Federal de 1988 determina que o Estado pode intervir na propriedade para garantir o cumprimento da sua função social, e evitar, assim, que o mesmo permaneça abandonado enquanto poderia abrigar outros usos necessários para as demandas da cidade, como a moradia, por exemplo.
 
De acordo com o defensor público e membro do Núcleo de Defesa Agrária e Moradia (Nudam), Vinícius Lamego, as estratégias adotadas pela campanha Função Social da Propriedade envolvem o preenchimento e a coleta de formulários de denúncia dos imóveis sem utilização no Centro de Vitória e de abaixo-assinados em favor da fiscalização pelos próprios moradores do bairro. “A fiscalização ocorrerá tanto em imóveis públicos, quanto privados. Além do trabalho de conscientização da sociedade, o objetivo da campanha é chamar a atenção da prefeitura, para que esta tome as medidas cabíveis e aplique os instrumentos determinados por lei”, afirma.
 
Confira aqui o Formulário de Denúncia de Imóveis sem Utilização no Centro de Vitória
 
Também é possível encaminhar denúncias através do e-mail: mailto:Fisc.funcaosocial@gmail.com
 
Serviço
 
Lançamento da campanha Função Social da Propriedade
 
Data: 13 de agosto (terça-feira)
 
Horário: 19:30
 
Local: Associação dos Funcionários Públicos do Espírito Santo (AFPES), localizado na Rua Pedro Palácios, 155 – Cidade Alta, Vitória – ES |Cep. 29015-160
 
Compartilhar no Facebook Tweet Enviar por e-mail Imprimir
AGENDA
27, 28 e 29 de agosto
Atividades legislativas
28 de agosto às 11 horas
Câmara dos Deputados homenageará Defensoria Pública
28 e 29 de agosto
CONIP 2019
4 de setembro de 2019
Assembleia Geral Extraordinária (AGE)
2 de outubro de 2019
Assembleia Geral Extraordinária (AGE)
12 de novembro de 2019
Assembleia Geral Extraordinária (AGE)
11 de dezembro de 2019
Assembleia Geral Extraordinária (AGE)
1º de outubro de 2019
Reunião de Diretoria da ANADEP
10 de dezembro de 2019
Reunião de Diretoria da ANADEP
12 a 15 de novembro - Rio de Janeiro
XIV Congresso Nacional das Defensoras e Defensores Públicos (CONADEP)
XIV CONADEP
ANADEP INOVA
Escola Nacional das Defensoras e Defensores Públicos do Brasil
Novas 100 regras de Brasília
COMISSÕES
TEMÁTICAS
NOTAS
TÉCNICAS
Acompanhe o nosso trabalho legislativo
NOTAS
PÚBLICAS
ANADEP
EXPRESS
HISTÓRIAS DE
DEFENSOR (A)