Instagram Facebook Twitter YouTube Flickr Spotify
06/09/2018

VIII Congresso da AIDEF é destaque da semana

Fonte: ASCOM/ANADEP
Na quarta e quinta-feira (5 e 6/9), a diretoria da ANADEP, junto com defensoras e defensores públicos de vários estados do Brasil, acompanharam o VIII Congresso da Associação Interamericana de Defensorias Públicas (AIDEF), que aconteceu em Santiago, no Chile. O tema deste ano foi "40 anos depois da Convenção e da Corte Interamericana: uma nova era para os direitos humanos". 
 
No primeiro dia, o Congresso contou com a participação de André Mahnke, defensor nacional do Chile; Hernán Larraín, ministro de justiça e DDHH de Chile; e Haroldo Cruz, presidente da Suprema Corte do país. Após a abertura, cinco painéis foram realizados ao longo do dia. Os debates focaram principalmente em atuações voltadas aos grupos em situações de vulnerabilidades e o acesso à Justiça.  
 
No primeiro painel, com o tema "El Rol De La Defensa Pública Y El Acesso A La Justicia", o DPI Octavio Sufán, falou sobre o caso Poblete Vilche y otros vs Chile, em que a defensora pública, também DPI, Rivana Ricarte atuou.
 
Na quinta-feira (6), o encontro contou com dois painéis. O presidente da ANADEP, Antonio Maffezoli, foi o moderador da segundo palestra "Reflexiones en torno al SIDH a 40 años del funcionamiento de la Corte IDH”. Entre os expositores estavam Ricardo Manrique, juiz eleito da Corte Interamericana de Direitos Humanos e ex-presidente da Suprema Corte de Justiça do Uruguai; Antonia Urrejola, da Comissão Interamericana de Direitos Humanos; e Claudio Nash, professor de Direitos Humanos da Universidade do Chile.
 
Durante sua exposição, o presidente da ANADEP destacou a importância do sistema interamericano de direitos humanos (SIDH) na promoção e proteção dos direitos humanos nas Américas. Segundo ele, há uma onda de retrocessos em toda o continente, logo, "o reconhecimento do passado da Corte e da CIDH se torna necessário para pensar no futuro neste contexto de graves violações", pontuou.
 
Conforme Maffezoli, a autonomia das Defensoria Públicas Estaduais e a independência funcional das defensoras e defensores públicos é essencial para combater as violações de direitos humanos. "Apenas profissionais concursados e treinados podem atuar em todas as questões de direito, com especializações e independência e, assim, proteger os direitos das pessoas em situações de vulnerabilidades e reduzir a desigualdade social. Ou seja, garantem o efetivo acesso à Justiça", afirmou.
 
O presidente da ANADEP fez também uma saudação especial à professora Cecilia Medina Quiroga, ex-presidente da Corte Interamericana de Direitos Humanos (2008-2009).
 
Após as exposições, o Congresso foi encerrado com apresentação de um vídeo sobre as atividades da AIDEF e a posse dos novos membros do Comitê Executivo, Diretivo e Fiscal da AIDEF para o biênio 2018/2020. A coordenação da Associação ficará com Nydia Lissette Arévalo Flores de Corzantes, do Instituto da Defensoria Pública Penal da Guatemala.
 
Participaram do Congresso, o presidente da ANADEP, Antonio Maffezoli; a diretora de relações internacionais, Adriana Burger; a diretora de comunicação, Rivana Ricarte; a diretora de articulação social e presidente da ADPERJ, Juliana Lintz; o vice-presidente jurídico-legislativo da ANADEP e presidente da ADEP-BA, João Gavazza; e a diretora coordenadora da Região Sul e presidente da ADPERGS, Juliana Coelho; a diretora da Escola Nacional de Defensores Públicos da ANADEP, Fernanda Mabrini; o presidente da APADEP, Augusto Santos; o vice-presidente da associação de Rondônia (AMDEPRO), Gilberto Campelo; o defensor público-geral do Rio de Janeiro, André Castro, representando o CONDEGE; a defensora pública do Rio de Janeiro, Rosane Lavigne, representando o Fórum Justiça; além de defensores(as) de diversos estados brasileiros. 
 
Clique aqui e veja mais fotos. 
Compartilhar no Facebook Tweet Enviar por e-mail Imprimir
AGENDA
06 de julho
AGE
03 de agosto
AGE
31 de agosto
Reunião de Diretoria
01 de setembro
AGE
05 de outubro
AGE
08 de novembro, Goiás (CONADEP)
AGE
08 A 11 de novembro, em Goiânia (GO)
XV Congresso Nacional das Defensoras e Defensores Públicos
14 de dezembro
AGO de eleição
13 de dezembro
Reunião de Diretoria
 
 
 
COMISSÕES
TEMÁTICAS
NOTAS
TÉCNICAS
Acompanhe o nosso trabalho legislativo
NOTAS
PÚBLICAS
ANADEP
EXPRESS
HISTÓRIAS DE
DEFENSOR (A)