Instagram Facebook Twitter YouTube Flickr
28/11/2019

Defensora Publica de Goiás participa de audiência pública sobre combate à violência contra a mulher

Fonte: ASCOM ANADEP
Estado: DF
 
A Defensora Pública do Estado do Goiás Gabriela Hamdan participou, nessa quarta-feira (27/11), de audiência pública na Câmara dos Deputados para debater sobre a "Violência Contra a Mulher no Centro-Oeste e Possíveis Soluções". A audiência foi requerida pela deputada Flávia Morais (PDT-TO) e presidida pelas deputadas Silvia Cristina (PDT-RO) e Érika Kokay (PT-DF). 
 
A defensora pública citou algumas práticas exitosas da Defensoria Pública de Goiás em prol da defesa das mulheres. Dentre elas, a atuação do Grupo Reflexivo dentro do NUDEM (Núcleo Especial de Direito da Mulher e de Vítimas de Violência), que oferece um acompanhamento psicológico às vítimas fora da capital; o curso de Defensoras Populares, de capacitação à lideranças comunitárias; a campanha das Pílulas Contra o Machismo; e a campanha do Laço Branco. 
 
Gabriela Hamdan também falou da necessidade de ampliar mecanismos para o acolhimento e denúncia das vítimas. "Nós precisamos investir em políticas públicas e diminuir as leis punitivistas. Essa mulher que acessa o nosso serviço vai até a Defensoria Pública porque vai precisar de uma ajuda ali no primeiro momento. Talvez entrar com uma ação de pensão alimentícia, um divórcio ou uma vaga na creche", explicou.
 
A deputada Érika Kokay falou sobre as mulheres que precisam lutar todos os dias pela liberdade de seus corpos e vidas. "Estamos falando de um país onde temos 66 mil casos de estupro, um país onde a cada uma hora, quatro meninas de até 13 anos são vítimas de violência sexual. Se nós consideramos que em média 10% apenas dos casos dos estupros são notificados, nós podemos estar falando de 660 mil estupros no Brasil", aponta.
 
Também compuseram a mesa dos debates: a Coordenadora Geral de Articulação Nacional de Combate à Violência contra as mulheres da Secretaria Nacional de Políticas para as Mulheres, Marisa Romão; a Promotora de Justiça do Ministério Público do Estado de Goiás Rúbian Corrêa Coutinho; a delegada, representando a Secretaria de Segurança Pública do Estado de Goiás, Paula Meotti; delegado, representando a Secretaria de Segurança Pública do Estado de Mato Grosso, Carlos Augusto Prado Bock e a Gerente do Grupo de Trabalho de Prevenção da Violência Contra a Mulher do Ministério da Justiça, Oliente Isabel Corrêa.
Compartilhar no Facebook Tweet Enviar por e-mail Imprimir
AGENDA
17 de janeiro de 2020
Encerramento da chamada de artigos: Defensoria Pública - reflexões sobre os direitos das mulheres
5 de fevereiro de 2020
AGE
3 de março de 2020
Reunião de Diretoria da ANADEP
4 de março de 2020
AGE e AGO
1 de abril de 2020
AGE
3 de junho de 2020
AGE
02 de junho de 2020
Reunião de Diretoria da ANADEP
1 de julho de 2020
AGE
5 de agosto de 2020
AGE
2 de setembro de 2020
AGE
01 de setembro de 2020
Reunião de Diretoria da ANADEP
7 de outubro de 2020
AGE
4 de novembro de 2020
AGE
09 de dezembro de 2020
Reunião de Diretoria da ANADEP
XIV CONADEP
ANADEP INOVA
Escola Nacional das Defensoras e Defensores Públicos do Brasil
Novas 100 regras de Brasília
COMISSÕES
TEMÁTICAS
NOTAS
TÉCNICAS
Acompanhe o nosso trabalho legislativo
NOTAS
PÚBLICAS
ANADEP
EXPRESS
HISTÓRIAS DE
DEFENSOR (A)