Instagram Facebook Twitter YouTube Flickr
07/06/2019

MA: Defensoria Pública lança projeto em defesa dos direitos da população LGBT

Fonte: ASCOM/DPE-MA
Estado: MA
Fortalecer as ações de defesa da população LGBT no Maranhão é o objetivo do mais novo projeto lançado, nesta quinta-feira, pela Defensoria Pública do Estado (DPE/MA), o “Respeitar a Diferença é Viver sem Violência”. Por meio da iniciativa, serão ampliados os atendimentos jurídicos, sociais e psicológicos às pessoas LGBT’s em situação de vulnerabilidade e serão realizadas ações de educação em direitos.
 
Estiveram presentes o subdefensor-geral Gabriel Furtado, o presidente da Associação dos Defensores Públicos do Maranhão (Adpema), o defensor público Murilo Guazelli; a ouvidora-geral da DPE, Márcia Maia; o presidente do Conselho Estadual dos Direitos de Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis e Transexuais do Maranhão, Airton Ferreira; e a representante da Secretaria de Estado de Direitos Humanos e Participação Popular (Sedihpop), Amanda Costa.
 
Durante o lançamento, realizado na Casa da Mulher Brasileira, em São Luís, a defensora pública Lindevania Martins, titular do Núcleo de Defesa da Mulher/LGBT, e a assistente social Silene Gomes, coordenadora do Núcleo Psicossocial da DPE, apresentaram as atividades do projeto aos presentes.
 
O projeto “Respeitar a Diferença é Viver sem Violência” conta com recursos federais no valor de R$ 261 mil, liberados por meio de convênio consignado junto ao Ministério dos Direitos Humanos. Com a contratação de uma equipe multidisciplinar, serão realizadas visitas institucionais, palestras, sessões de estudos, capacitações e acompanhamentos. As atividades serão realizadas em São Luís e em cinco cidades do interior do estado: Açailândia, Balsas, Bacabal, Caxias e Pinheiro.
 
De acordo com a defensora Lindevania Martins, o projeto ampliará as ações que são realizadas pelo Núcleo de Defesa da Mulher/LGBT, que existe desde 2011. “A nossa intenção com esse projeto é fortalecer o atendimento e ampliá-lo para outras esferas, porque a violência atinge a pessoa sob diversos aspectos. Agora, poderemos oferecer um atendimento integral, jurídico e assistencial a quem vier buscar os nossos serviços”, disse.
 
Segundo o subdefensor-geral Gabriel Furtado, o projeto representa um marco nas atividades da Defensoria. “O ‘Respeitar a Diferença é Viver sem Violência’ nasce de uma necessidade grande da instituição, de mudar sua forma de atuação. É o nosso primeiro projeto criado para ser interiorizado e que terá um grande impacto, porque estará presente não só na capital, mas também nos núcleos regionais e trata de uma importante área de atuação na atualidade”, disse.
 
Para o presidente do Conselho Estadual dos Direitos de Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis e Transexuais do Maranhão, Airton Ferreira, o lançamento do projeto foi um momento ímpar para o estado. “Essa é uma iniciativa de extrema importância na medida em que vai atuar em regiões onde não estamos tão presentes, levando ações efetivas que contribuirão para a erradicação da violência, do preconceito e dos estigmas que a população LGBTI+ está submetida”, ressaltou.
Compartilhar no Facebook Tweet Enviar por e-mail Imprimir
AGENDA
27, 28 e 29 de agosto
Atividades legislativas
28 e 29 de agosto
CONIP 2019
4 de setembro de 2019
Assembleia Geral Extraordinária (AGE)
2 de outubro de 2019
Assembleia Geral Extraordinária (AGE)
12 de novembro de 2019
Assembleia Geral Extraordinária (AGE)
11 de dezembro de 2019
Assembleia Geral Extraordinária (AGE)
1º de outubro de 2019
Reunião de Diretoria da ANADEP
10 de dezembro de 2019
Reunião de Diretoria da ANADEP
12 a 15 de novembro - Rio de Janeiro
XIV Congresso Nacional das Defensoras e Defensores Públicos (CONADEP)
XIV CONADEP
ANADEP INOVA
Escola Nacional das Defensoras e Defensores Públicos do Brasil
Novas 100 regras de Brasília
COMISSÕES
TEMÁTICAS
NOTAS
TÉCNICAS
Acompanhe o nosso trabalho legislativo
NOTAS
PÚBLICAS
ANADEP
EXPRESS
HISTÓRIAS DE
DEFENSOR (A)