Instagram Facebook Twitter YouTube Flickr
06/02/2019

PE: Defensoria Pública garante liberdade a cidadão de Pombos que foi preso por engano

Fonte: ASCOM/DPE-PE
Estado: PE
Um cidadão de 40 anos, L.T.S, que passou 15 dias preso injustamente, recebeu liberdade na última sexta-feira (01/02), após atuação da Defensoria Pública de Pernambuco em parceria com a Defensoria Pública de São Paulo e a Pastoral Carcerária da cidade da Cidade de Vitória de Santo Antão.
 
De acordo com a Defensora Pública Helena Noce, graças ao empenho da DPPE, DPESP e a Pastoral foi possível comprovar que o assistido, detido na Delegacia Regional de União dos Palmares, foi confundido com um homônimo, que estava foragido do sistema prisional de São Paulo.
 
 "Entrei em contato com a Defensoria Pública de SP e enviei os documentos do assistido. Lá eles fizeram o pedido de liberdade, explicando ao juiz que o senhor não se tratava da mesma pessoa que tinha fugido da cadeia. Após  10 dias,  L.T.S foi solto", enfatizou Helena Noce.
 
A Defensora destacou, ainda, que foi fundamental o apoio  do coordenador da Pastoral Carcerária da cidade de Vitória do Santo Antão/PE,  Valdemiro Cruz. "Ele nos procurou e narrou o caso, reunindo com a família do detido toda a  documentação pessoal do assistido e os levou ao Núcleo da DPPE, naquela cidade", frisou.
Compartilhar no Facebook Tweet Enviar por e-mail Imprimir
XIV CONADEP
ANADEP INOVA
Escola Nacional das Defensoras e Defensores Públicos do Brasil
Novas 100 regras de Brasília
COMISSÕES
TEMÁTICAS
NOTAS
TÉCNICAS
Acompanhe o nosso trabalho legislativo
NOTAS
PÚBLICAS
ANADEP
EXPRESS
HISTÓRIAS DE
DEFENSOR (A)